Abelhas matam pinguins na África do Sul

“Normalmente, os pinguins e as abelhas coexistem”, disse o Dr. Alison Kock, biólogo marinho da agência de parques nacionais da África do Sul.

“As abelhas não picam a menos que sejam provocadas – estamos trabalhando com a suposição de que um ninho ou colmeia na área foi perturbado e fez com que uma massa de abelhas fugisse do ninho, enxameasse e se tornasse agressiva”, acrescentou ele.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Abelhas-matam-pinguins-na-Africa-do-Sul.jpg

“Infelizmente, as abelhas encontraram um grupo de pinguins em seu caminho de voo.”

As autópsias descobriram que os pássaros foram picados ao redor dos olhos e nas nadadeiras.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Abelhas-matam-pinguins-na-Africa-do-Sul.jpg

Isso porque “essas são as partes que não são cobertas por penas”, disse a Dra. Katta Ludynia, da Fundação da África Austral para a Conservação das Aves Costeiras (Sanccob), à BBC.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Abelhas-matam-pinguins-na-Africa-do-Sul.jpg

Os pinguins têm glândulas sudoríparas rosadas ao redor dos olhos e “essa área é particularmente fina – semelhante aos dedos humanos”, explicou Shanet Rutgers, tratador sênior de pinguins do Aquário Two Oceans da Cidade do Cabo. Um dos pinguins foi picado 27 vezes.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Abelhas-matam-pinguins-na-Africa-do-Sul.jpg

Quem não acredita em mudança climática, pode parar com o metacronismo e vendo que está acontecendo na natureza.

Comente