Cientistas australianos conseguem isolar o coronavírus

Cientistas australianos conseguiram isolar o vírus Wuhan ou seja o coronavírus. O vírus foi retirado de uma das cinco pessoas infectadas que chegaram à Austrália da China.

Por que isso é importante? Porque os pesquisadores do Instituto Peter Doherty em Melbourne vão compartilhar o vírus isolado com a Organização Mundial da Saúde (OMS), que o distribuirá para laboratórios em todo o mundo que trabalham no desenvolvimento de uma vacina.

----

Os cientistas agora podem testar possíveis vacinas contra o vírus e ver se elas funcionam. “É um vírus perigoso, mata algumas pessoas, mas não tem a mesma taxa de mortalidade que o vírus Ebola”, diz o diretor do Instituto Peter Dohert, Mike Catton.

A descoberta também pode possibilitar o desenvolvimento de um teste que pode revelar se as pessoas foram infectadas pelo vírus antes dos sintomas aparecerem.

Um laboratório chinês conseguiu produzir uma amostra de vírus na semana passada, mas não compartilhou suas descobertas com a OMS, apesar de a China ser membro da organização, escreve o Daily Mail na Austrália.

Comente