Cientistas concluem que gatos domésticos são psicopatas

Alem dos de gatos de rua representarem uma ameaça do mundo, como já mostrei aqui, um novo estudo realizado por cientistas de Liverpool (Reino Unido) analisou o comportamento de gatos com a participação de 2.042 proprietários e as conclusões foram perturbadoras.

Eles chegaram a conclusão que todos os gatos te, traços de psicopatia”, um distúrbio que, como explicou a pesquisadora Rebecca Evans, já foi útil para os ancestrais de nossos animais de estimação “em termos de aquisição de recursos, como comida, território e oportunidades de acasalamento.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Cientistas-concluem-que-gatos-domesticos-sao-psicopatas.jpg

O trabalho foi publicado este mês no Journal of Research in Personality e enfocou cinco aspectos principais. Cientistas britânicos mediram ousadia, que tem a ver com domínio social e baixos níveis de medo; “desinibição”, que se refere a problemas de autocontrole; a “maldade”, caracterizada, por exemplo, pela falta de empatia; antipatia por outros animais de estimação e o mesmo padrão, mas por humanos.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Cientistas-concluem-que-gatos-domesticos-sao-psicopatas.jpg

A ferramenta usada pelos cientistas da University of Liverpool e da Liverpool John Moores University para avaliar a estabilidade mental dos gatos é a primeira desse tipo a detectar psicopatia. Eles o chamaram de CAT-Tri + e, segundo os autores da pesquisa, pode ser útil para melhorar o relacionamento entre gatos e seus donos.

Comente