Diferença entre o período de janela e o período de incubação de uma doença infecciosa

A principal diferença entre o período da janela e o período de incubação é que o período de janela é o tempo entre a infecção e o teste de laboratório que pode identificar a infecção enquanto o período de incubação é o período entre a infecção e o início da doença.

Uma doença infecciosa é uma doença causada por um organismo patogênico, como bactérias, fungos, protozoários e vírus. As doenças infecciosas se espalham direta ou indiretamente entre as pessoas.

COVID 19 é uma doença infecciosa que transmite de pessoa para pessoa através de gotículas respiratórias (aerossóis) que transportam o vírus. Uma doença infecciosa tem fases, que podemos definir como: período de incubação, período latente, período de janela, período de comunicabilidade etc. É muito importante entender esses períodos para evitar a propagação de doenças.

O que é o período de janela de uma doença infecciosa?

O período de janela de uma doença infecciosa é o tempo entre a infecção e o teste de laboratório que pode identificar a infecção. Durante o período da janela, o teste de laboratório deve identificar com segurança a infecção.

No entanto, o período de janela de uma doença específica difere com base no método de teste e outros fatores. Em algumas infecções, o período da janela pode ser mais curto que o período de incubação. Da mesma forma, pode demorar mais do que o período de incubação em algumas doenças.

Nas doenças infecciosas, quando os antígenos entram no corpo, os anticorpos são desenvolvidos para lutar contra essas infecções. Portanto, em testes baseados em anticorpos, o período da janela depende do tempo necessário para o desenvolvimento de anticorpos.

Por exemplo, o período da janela do HIV pode ser definido como o tempo entre a infecção pelo HIV e quando o teste dará um resultado preciso. É aproximadamente três meses.

O que é o período de incubação?


O período de incubação é o tempo entre a exposição ao agente infeccioso e a primeira aparição dos sinais e sintomas da doença. Em outras palavras, é o período de tempo entre a exposição ao patógeno e o início da doença.

Durante o período de incubação, o agente infeccioso se replica dentro dos organismos hospedeiros. Multiplica-se para produzir os sintomas da doença no organismo hospedeiro.


Por exemplo, o período de incubação do novo coronavírus SARS CoV-2 que causa COVID 19 é de 2 a 14 dias. Significa que, uma vez exposto ao SARS CoV-2, dentro de 2 a 14 dias, os sintomas da doença podem aparecer. No entanto, o período de incubação pode diferir entre os indivíduos.

Resumo – Período da janela versus período de incubação:


O período da janela é o tempo entre a infecção e a identificação precisa da infecção por um teste de laboratório. Por outro lado, o período de incubação é o tempo entre a infecção e o aparecimento dos sintomas.

Portanto, essa é a principal diferença entre o período da janela e o período de incubação. Para identificar o patógeno, é necessário detectar os anticorpos desenvolvidos contra a infecção durante o período da janela. Mas, durante o período de incubação, o antígeno se multiplica e faz muitas cópias para produzir a doença.

Comente