Dinamarca que enviar imigrantes para uma ilha remota

 

Dinamarca quer enviar em 2021 todos os imigrantes que estão esperando para serem expulsos, que cometeram crimes ou que não podem deixar o país por razões legais para a ilha de Lindholm, localizada a poucos quilômetros da costa dinamarquesa. A medida, faz parte do pacote orçamentário que ainda precisa ser aprovado pelo Parlamento.

A ilha, que estará sob vigilância policial permanente, receberá 125 pessoas que terão que se registrar diariamente e poderão ser presas por não seguirem as regras.

 

Vídeo Polemico:

Pouco depois de anunciar a proposta, que pretende alocar cerca de 100 milhões de euros, o DF (
Dansk Folkepart) publicou um vídeo polêmico no qual mostra um barco transportando um homem para uma ilha.

 

O tweet é acompanhado do seguinte texto: “Expulso, os criminosos estrangeiros não têm nada a fazer na Dinamarca, até que nos livramos deles, vamos transferi-los para a ilha de Lindholm, em Stege Bay. E haverá polícia presente 24 horas por dia. Excelente!

Reações nas redes sociais:

“É um dia difícil para um grande número de refugiados na Dinamarca, que agora esperam uma vida de incerteza e maior pobreza”, disse o secretário-geral do Conselho Dinamarquês de Refugiados, Christian Friis Bach, em sua conta no Twitter.

Também causou indignação e preocupação entre muitos usuários da Internet, que acreditam que o governo escolheu um caminho “xenófobo e tacanho”.

 

Parece inventado, mas é verdade. A Dinamarca planeja isolar imigrantes indesejados na ilha de Lindholm “, diz o escritor americano G.M.Malliet no Twitter.

Comente