• Procure

Jornalistas comemoram a prisão de Tony Trindade

Tem jornalista comemorando a prisão do Tony Trindade, como comemoraram a prisão do Arimateia Azevedo, mas não deveriam, deveriam sim, enfiar a viola no saco, porque os jornalistas piauienses, especialmente os famosos, ficaram ricos recebendo dinheiro público, via empresa de fachada, sem prestar nenhum serviço ao povo; e os menos famosos recebendo como assessor de políticos.

Como pode jornalista, comentarista político, apresentador receber dinheiro público como assessor ou via empresa de fachada?

----

O caso do Tony Trindade também não está bem explicado – a Policia Federal diz que ele estava atrapalhando as investigações, mas como? Que interesses, ele tinha em atrapalhar as investigações?

Era interesse jornalístico? De dar furo jornalístico? Era interesse econômico? Era para proteger amigos? Tudo isso, tem que ser explicado. Que tipo de vantagem, ele recebeu ou ia receber? Se era apenas interesse jornalístico, de dar furo jornalístico ou seja divulgar a noticia primeiro do que todos, então, ele estava apenas cumprindo seu dever de profissional.

Mas nem os jornalistas que comemoram a prisão, e nem os que defendem, perguntaram o que o apresentador Tony Trindade estava realmente fazendo e o que ele estava ganhando em troca dessa suposta ilegalidade?

Agora, tem que ver o que a justiça vai decidir, mas fica o alerta, quem comemora hoje, pode ser o preso de amanhã porque inocentes não tem nesse meio jornalístico piauiense.

Deixe uma resposta

1 comentario
  • Eu aprendi desde cedo, que nenhuma pessoa enriquece com trabalho honesto. Pode até melhorar de vida, a depender do salário que ganhe, mas, enriquecer, jamais.
    Se alguém estiver gastando ou comprando além do que pode pagar com seu ganho honesto, tenha certeza que esse alguém faz parte da prática do crime. Salvo se ganhar na loteria ou herança.

Escrito por Cilene Bonfim
MixMisturado