Lista completa dos melhores restaurantes do mundo

Desde o início da lista em 2002, os restaurantes europeus e americanos dominam a lista. Em 2021 não foi diferente.

A classificação anual, organizada por William Reed Media, do Reino Unido, não foi publicada em 2020 por causa da pandemia.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Lista-completa-dos-melhores-restaurantes-do-mundo.jpeg

Noma – o ‘melhor restaurante’ do mundo – novamente
Dirigido pelo Chef Rene Redzepi, o Noma é conhecido por sua “nova cozinha nórdica” que se caracteriza por ser autêntica, fresca, inovadora e saudável.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Lista-completa-dos-melhores-restaurantes-do-mundo.jpeg

Redzepi produz três menus todos os anos – há a temporada do oceano, a temporada de vegetais e a temporada de caça e floresta – esta última que está sendo servida por 2.800 coroas dinamarquesas ($ 436) por pessoa.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Lista-completa-dos-melhores-restaurantes-do-mundo.jpeg

A combinação de vinhos custa US $ 280 adicionais e cada menu inclui cerca de 20 pratos. Os menus dentro de cada “estação” mudam e não há duas experiências iguais no restaurante.

O Brasil tem um restaurante na lista a Casa do Porco de São Paulo que ocupa a décima sétima posição na lista de 50 restaurantes.


Confira a lista completa:

  1. Noma (Copenhague, Dinamarca)
  2. Geranium (Copenhague, Dinamarca)
  3. Asador Etxebarri (Atxondo, Espanha)
  4. Central (Lima, Peru)
  5. Disfrutar (Barcelona, ​​Espanha)
  6. Frantzen (Estocolmo, Suécia)
  7. Maido (Lima, Peru)
  8. Odette (Singapura)
  9. Pujol (Cidade do México, México)
  10. O Presidente (Hong Kong, China)
  11. Den (Tóquio, Japão)
  12. Steirereck (Viena, Áustria)
  13. Don Julio (Buenos Aires, Argentina)
  14. Mugaritz (San Sebastian, Espanha)
  15. Lido 84 (Gardone Riviera, Itália)
  16. Elkano (Getaria, Espanha)
  17. A Casa do Porco (São Paulo, Brasil)
  18. Piazza Duomo (Alba, Itália)
  19. Narisawa (Tóquio, Japão)
  20. Diverxo (Madrid, Espanha)
  21. Hisa Franko (Kobarid, Eslovênia)
  22. Cosme (Nova York, EUA)
  23. Arpege (Paris, França)
  24. Septime (Paris, França)
  25. Coelho Branco (Moscou, Rússia)
  26. Le Calandre (Rubano, Itália)
  27. Quintonil (Cidade do México, México)
  28. Benu (San Francisco, EUA)
  29. Reale (Castel di Sangro, Itália)
  30. Twins Garden (Moscou, Rússia)
  31. Restaurante Tim Raue (Berlim, Alemanha)
  32. The Clove Club (Londres, Reino Unido)
  33. Lyle’s (Londres, Reino Unido)
  34. Burnt Ends (Singapura)
  35. Ultraviolet por Paul Pairet (Xangai, China)
  36. Hof Van Cleve (Kruishoutem, Bélgica)
  37. SingleThread (Healdsburg, Califórnia, EUA)
  38. Borago (Santiago, Chile)
  39. Florilege (Tóquio, Japão)
  40. Suhring (Bangkok, Tailândia)
  41. Alleno Paris au Pavillion Ledoyen (Paris, França)
  42. Belcanto (Lisboa, Portugal)
  43. Atomix (Nova York, EUA)
  44. Le Bernardin (Nova York, EUA)
  45. Nobelhart & Schmutzig (Berlim, Alemanha)
  46. ​​Leo (Bogotá, Colômbia)
  47. Maaemo (Oslo, Noruega)
  48. Atelier Crenn (San Francisco, EUA)
  49. Azurmendi (Larrabetzu, Espanha)
  50. Wolfgat (Paternoster, África do Sul)

A Europa domina a lista com mais da metade dos restaurantes classificados.

Comente