O que é cache de objetos e como usá-lo em site WordPress

O armazenamento em cache de objetos envolve o armazenamento dos resultados da consulta do banco de dados para que, na próxima vez em que um resultado for necessário, ele possa ser servido a partir do cache sem precisar consultar repetidamente o banco de dados.

Como um sistema de gerenciamento de conteúdo, o WordPress é naturalmente – e muito dependente – do banco de dados. Como tal, a eficiência do banco de dados é crucial para site WordPress.

Se você tem um site de alto tráfego e os pedidos para suas páginas gerarem um grande número de consultas ao banco de dados, seu servidor poderá ficar rapidamente sobrecarregado, afetando negativamente o desempenho do seu site.

Assim, quando o cache de objetos está habilitado em seu site, ele pode ajudar a facilitar a carga no banco de dados e no servidor e ser muito mais rápido.

O que é o WP_Object_Cache?


O WordPress tem um cache de objetos embutido chamado WP_Object_Cache. Introduzido em 2005, ele fornece uma maneira de armazenar automaticamente quaisquer dados do banco de dados na memória PHP para evitar consultas repetidas.

No entanto, esse cache de objeto armazena apenas objetos para um único carregamento de página -e descarta objetos no cache no final da solicitação, portanto, eles precisam ser recriados do zero na próxima vez que a página for solicitada.

top plugins cache para wordpress

Embora esse seja um recurso útil do WordPress, garantir que o banco de dados não seja consultado várias vezes durante um único carregamento de página para solicitações de consulta semelhantes, não é exatamente eficiente.

É aqui que as soluções de cache podem ajudar. O armazenamento em cache de objetos é mais poderoso quando pode ser usado para armazenar em cache objetos várias cargas de páginas.

As soluções externas de cache de objeto, como Redis e Memcached, possibilitam a persistência do cache de objetos entre as solicitações. Isso ajuda a acelerar a entrega de consultas ao banco de dados, ao mesmo tempo que facilita ainda mais a carga de trabalho do seu servidor.

O que são Redis e Memcached?

O armazenamento em cache de objetos é obrigatório se você quiser dimensionar. Sem isso, o desempenho do seu site diminuirá conforme a complexidade e o tráfego aumentem.

O mesmo vale para usuários logados e páginas dinâmicas – o cache de objetos pode ajudar a oferecer uma experiência melhor e mais rápida para seu usuário.

Existem duas ferramentas populares de cache de objetos persistentes que vale a pena conferir: Redis e Memcached.

----

Essas duas ferramentas são armazenamento podem reduzir a carga no banco de dados MySQL do seu site, além de diminuir o tempo de resposta do seu site e aumentar a capacidade do site de dimensionar e lidar com o aumento de tráfego.

O Memcached tem sido uma escolha popular de cache, mas o Redis pode fazer tudo o que Memcached pode, e com um conjunto de recursos muito maior. Além disso, é mais popular e melhor suportado.

Dito tudo isso, se você não entendeu nada , saiba que você pode usar e aproveitar desse recurso, mesmo sem entender nada.

Como usar o cache de objetos com o WordPress:


O cache de objetos embutido no WordPress já está funcionando no seu site por padrão, então você não precisa fazer nada para ativá-lo.

Mas se você quiser levar o cache de objetos para o próximo nível, existe soluções simples e fácil de colocar no seu site.

. Use Redis


Para o cache de objetos ativados pelo Redis, existem Plugins gratuitos disponíveis no WordPress.org.

Com mais de 30.000 instalações ativas, a opção mais popular é o Redis Object Cache. Suporta Predis, PhpRedis (PECL), HHVM, replicação, clustering e WP-CLI.

Antes de usar este plugin, você precisa verificar se seu site está tem PHP com a extensão necessária Redis e um servidor Redis em funcionamento.

Esse plugin é super simples de instalar. Basta instalar ativar o plugin, vá para Configurações/ Settings > Redis > Redis e clique em “Ativar cache de objetos”/ “Enable Object Cache.” .

Se tiver algum problema, você precisará verificar com sua hospedagem da Web se o servidor em que seu site está hospedado está configurado para o Redis.

Alternativamente, outra opção que você pode querer tentar é o WP Redis, que é um pouco mais complicado para configurar. Trazido a você pelo pessoal do host Pantheon, este plugin requer que você crie um arquivo chamado object-cache.php e adicione-o à sua pasta wp-content, além de editar sua pasta wp-config.php (mas somente se você não é um usuário Pantheon).

  1. Pergunte a sua hospedagem:
    Se você estiver gerenciando um site WordPress, seu host provavelmente oferecerá cache de objetos via Redis. Por isso, entre em contato com sua empresa de hospedagem para saber como proceder.

Muitos hosts oferecem o Redis como um recurso ou complemento – Pantheon, Kinsta e Cloudways, apenas para citar alguns.

O armazenamento em cache de objetos fornece uma solução relativamente simples para melhorar o desempenho do seu banco de dados, especialmente considerando o fato de que o desempenho do WordPress é altamente dependente da velocidade do seu banco de dados.

Com soluções como o Redis, você pode ativar rapidamente o armazenamento em cache de objetos em seu site, seja por meio de um plugin ou simplesmente pedindo ao seu host para ativá-lo.


.

Comente