Qantas fez o voo mais longo do mundo


A companhia aérea australiana Qantas fez na ultima sexta-feira, 18 de outubro 2019, o voo comercial mais longo do mundo; a empresa queria testar ate quanto os passageiros, tripulação e os pilotos podem suportar. Pela primeira vez, um avião cobriu a rota entre os Estados Unidos e Austrália sem escala, informou a empresa.

A viagem foi realizada num Boeing 787 Dreamliner recém-fabricado, com apenas 50 pessoas a bordo, incluindo a tripulação, para economizar peso e ampliar seu alcance.

O objetivo deste teste é conduzir uma investigação científica sobre o estado de saúde dos ocupantes, minimizar o intervalo de tempo e identificar os períodos ideais de descanso e trabalho da tripulação.

As luzes da cabine permaneceram intensas nas primeiras seis horas e os passageiros tiveram sono o e seus movimentos controlados.

----

Além disso, eles comeram comida apimentada, projetada para revigorar o corpo e mantê-lo acordado pelo tempo necessário. Então, à medida que o sol ia se pondo no local de destino, as luzes da cabine foram apagam e foram oferecidos pratos ricos em carboidratos para incentivar o sono.

O voo, que foi chamado de ‘Kookaburra’, partiu do Aeroporto John F. Kennedy em Nova York às 21h (horário local) e aterrizou em Sydney após aproximadamente 20 horas.

Comente