• Procure

Todos os países estão adotando o método sueco de combate ao coronavírus


De acordo com vários especialistas, “todos” agora estão fazendo o mesmo que a Suécia na luta contra o coronavírus, mas ninguém vai reconhecer isso.

A Suécia, liderada pelo epidemiologista, Anders Tegnell, atraiu a atenção mundial desde o início da pandemia, por sua estratégia diferente de combate ao Covid-19.

A Suécia não fechou escolas, fronteiras ou sociedade em geral, e o fique em casa tem sido aconselhado para quem está doente ou pessoas do grupo de risco.

Praticamente todos criticaram o método da Suécia; eu que sempre defendi o método sueco, fui classificada pelo Estadão de fazer fake news. Como eles são poderosos acabaram comigo.


A Suécia registrou mais de 5.800 mortes relacionadas ao coronavírus ou seja 58 mortes por 100.000 habitantes.

Agora, entretanto, vários especialistas com quem Dagbladet conversou, acredita muitos estão reconhecendo que a Suécia estava correta. Vale lembrar: que o método sueco, não tem nada a ver com jeito sem controle do brasileiro que não respeita nem regra de trânsito.

Hoje, mais ou menos todos os países da Europa seguem o método sueco, mas ninguém vai assumir, diz o professor de epidemiologia Antoine Flahault da Universidade de Genebra – e chefe do Instituto de Saúde Global.

Depois que a sociedade foi reaberta após a primeira onda de infecção, vários países experimentaram um aumento no número de casos novamente. No entanto, muitos optaram por uma estratégia menos rígida e mantiveram escolas, bares, restaurantes e transportes públicos abertos como antes.

----
  • Novos fechamentos seriam catastróficos para as economias. Agora eles estão tentando o método sueco. Na Suécia, eles conseguiram fazer com que os moradores entendessem que devem participar do combate ao vírus sem serem forçados por leis e normas, afirma o professor segundo o jornal, Expressen.

A estratégia da Suécia também é elogiada por David Nabarro, da OMS, que trabalha com gerenciamento de vírus desde fevereiro.


Nem todo mundo está convencido:


Apesar da oposição massiva de todos os cantos do mundo, a Suécia manteve-se firme na escolha de sua estratégia. No entanto, as autoridades admitiram que a maneira de combate a infecção em asilos falhou. Todos os especialistas também concordam, escreve o Expressen.

No entanto, nem todos os especialistas com quem o jornal conversou estão igualmente convencidos de que a estratégia da Suécia é a certa para todos. Entre eles, Marc Van Ranst do Instituto Nacional de Saúde Pública da Bélgica.


O chefe de preparação para emergências da OMS, Dorit Nitzan, disse ao Dagbladet que a Suécia é privilegiada e que muitos países tiveram que tomar outras medidas.

Ele diz não é necessário fechar tudo para lidar com vírus. Mas em outros países, o sistema de saúde entrou em colapso e o lockdown tornou-se a única solução, diz ele.

Noruega vs Suécia:


Nos últimos sete dias, a Noruega passou a ter mais infectados do que a Suécia. Os surtos em Bergen e em Østfold, além do aumento dos testes, estão entre as causas, de acordo com o diretor-assistente de saúde, Espen Nakstad

Deixe uma resposta

Escrito por Cilene Bonfim
MixMisturado